segunda-feira, junho 12, 2006

vivo

"... localizar no tempo, no tempo passado até ao momento actual, qual foi ou qual é aquele que nos marcou ou nos marca, qual foi o melhor ou o pior momento, etc., é um exercício que nos leva a lembrar uns e a esquecer outros... por vezes, esses outros que esquecemos sejam ou tenham sido os mais importantes mas ficaram escondidos nos cantos escusos da nossa memória ou até mesmo sejam tão importantes que ficaram arquivados num ficheiro com acesso apenas com palavra chave, como que como uma password... talvez momentos bons sejam mais difíceis de lembrar e, como saudosistas e fatalistas que somos, nos lembremos apenas dos piores... sempre pensei nesse tema e há apenas uma conclusão a tirar: de nada nos serve viver do passado mesmo lembrando os bons momentos... o que interessa aqui e agora é o facto de estarmos vivos, de estarmos a viver o momento que usufruimos agora mesmo, sentir que este é que é o mais importante de todos porque é o único que nos diz concretamente que estamos vivos... sorrir à vida por esse tão simples facto: o de estar vivo!..."

11 comentários:

Cinda disse...

Que bem me soube ler este texto tão "vivo", escutando a serenidade das teclas de Yanni.

Beijinho doce e um sorriso como o teu. À vida :)*

andorinha disse...

Estás a escrever cada vez melhor, Quim.
What's love got to do with it?:)))))))
Beijinhos.

Pamina disse...

Esta leitura também me "botou para cima", como dizem os brasileiros. Admiro (e invejo um bocadinho, no bom sentido) a tua força e o teu espírito.
Um beijinho.

BlueShell disse...

Li o teu texto...e chorei...Porquê?...porque estou triste...sou triste...nasci triste...talvez não devesse ter nascido!
BShell

Catarina Morgado disse...

Sorrir à vida pelo simples facto de estarmos vivos é, sem dúvida, reconfortante nos momentos menos bons. Mas não considero que ansiar pelos momentos passados, por eles terem sido melhores que os que se vive no presente, seja uma perda de tempo.
Preciso dos meus momentos bons passados para me lembrar que a qualquer momento posso ficar ainda melhor. Não sei se isto é ser fatalista, mas tenho presente para o bem e para o mal que tudo passa, os bons e os maus. Também este momento, há-de passar...

Boa Semana e uma vez mais parabéns pelo post

Moonlover disse...

Obrigada pela tua visita no meu cantinho!
Já sou visita habitual destas Lobices, desde a carta ao pai, linda.
Mas hoje este texto tem tudo a ver com o que eu estou a passar, uma reflexão do passado para arrumar o presente e enfrentar o futuro.
Parabens pela tua sensibilidade ao escreveres.

Anónimo disse...

...Mas k verdade tão certa...!Na verdade nós temos sp essa errada tendência para nos esquecermos das coisas boas e pormos sempre ao de cima o k é mais negativo, ou melhor, os momentos e as coisas menos boas! Sim, porque vistas as coisas como as descreves tudo é bom na nossa vida, pois o facto de estarmos vivos é por si só uma alegria e um grande motivo para sorrirmos...e tens toda a razão! Vou tentar lembrar-me disto mais vezes!Um beijinho para ti e para a tua mãe!Até à minha proxima visita!

pb disse...

Não vivas no passado
Goza o presente
Não penses no futuro

Só assim conseguirás ser feliz !

AMMedeiros disse...

Parabéns pelo blog! Criativo. Curvo-me ante a tua (se me permites o tratamento tão informal) sensibilidade revelada na escrita, adorei.
Um beijo

AMMedeiros disse...

Lobices

Nada de agradecimentos, eu adorei ter vindo até aqui e ler textos tão interessantes e aprazíveis e, nesse caso, eu é que devo agradecer.
Um beijo

Ana Luar disse...

Fabuloso Joaquim... é isso exactamente que penso... eu não o escreveria melhor. O máximo mesmo... adorei conhecer um pouco de ti. Embora lá seguir para Bingo que o tempo não espera por nós.