terça-feira, outubro 19, 2004

caminhando

...um dia, que possa ser bem distante deste, olharei para mim e reconhecer-me-ei; hoje, ainda não sei quem sou... deambulo como se o fizesse mecanicamente... um dia, que possa ser bem distante deste, postarei aqui um texto sem emendas, sem rasuras e sem entrelinhas; direi, nessa altura quem sou, pois só nesse momento saberei para o que vim... não vou pedir alvíssaras por me ter encontrado nem me vou premiar por ter lá chegado... olharei apenas para mim; servirá um simples espelho.
Nele verei estampado um rosto que não é o que tenho agora mas o que verei ali retratato; depende dos olhos que olharem e da alma que me verá... não sei se me saberei ler bem fundo nos meus próprios olhos... mas vou levar uma cábula e talvez me ajude a entender-me um pouco melhor... hoje, ainda não me conheço mas nem por isso esmoreço... caminho ainda na demanda, sabeis que sim porque todos sabem quem sou; eu não, porque não sou eu que aqui estou... ainda vou a caminho de lá, a caminho de saber o que vim aqui fazer... tarefa dificil esta... no entanto, sorrio antecipadamente porque nesse dia, finalmente, me vou poder ler... nessa altura, saberei o porquê de tudo...

4 comentários:

FataMorgana disse...

Pois eu acho que hoje, agora, já sabes que chegue para te apreciares, a ti e às tuas rasuras - sem rasuras só os anjos :)

Gostei muito de te ver lá, Quim! Tens lá a minha resposta sentida!

Beijos*

Blue C. disse...

Quim, acho que este é um dos teus textos com que mais me identifico. Mil beijinhos

alexandrantunes disse...

Nós sabemos quem somos; podemos não saber porque cá estamos. Porém, existem "os outros", ou "aqueles", ainda que sejam uma minoria, para nos dizerem que não somos aquilo que vêmos, mas o que realmente importa não é o que "vêmos ao espelho" mas o que sentimos; tenho a certeza que te sentes como sendo tu e assim te conheces. Um beijo :*

Pink disse...

Será que algum dia sabemos a 100% quem somos? Acho que não. Mas acho, igualmente, que não somos necessáriamente aquilo que os outros veêm ou julgam conhecer. Gostei da nota final do teu sorriso , pois revela optimismo e isso é uma atitude positiva.

Gostei de te ver no Shrine e do teu comentário. Um beijo.