quinta-feira, dezembro 02, 2004

aqui

...as pessoas crescem "suavemente" e "pragmaticamente"...
...disto eu não tenho dúvidas pois tudo o que cresci eu não notei...
...só agora noto e descubro que, apenas, cresci...
...não me senti crescer...

...não senti o tempo passar...
...não peguei no esqueleto e não reconstruí o corpo...
...apenas e tão simplesmente...
...aconteceu...
...estou aqui...
...no outro lado do esqueleto...

4 comentários:

Carmem L Vilanova disse...

Ainda nao tinha visto o Ser/Existir/Crescer sob este ponto de vista... Gostei, está muito interessante!
Um grande abraço e uma linda tarde e final de dia para ti!
Carmem Lúcia Vilanova

Vera Cymbron disse...

Aqui parece que estamos sempre do outro lado das coisas!

Jinhos

Anónimo disse...

Ninguém sente o tempo a passar...mas ele passa. E nem sempre leva com ele o que preferíamos não ter notado. Não ligues, hoje estou com a neura...do tempo perdido.
beijo grande
Tijolita

Fernando B. disse...

O que interessa, é estares Aqui, sempre com coragem para prosseguir a Luta.

Um Abraço,