domingo, dezembro 26, 2004

realidade

...ainda há bem pouco tempo, há minutos, aterrei em mim mesmo e confirmei a minha "nudez" de tudo... indaguei o porquê das coisas e ainda me senti mais "vazio"; menos cheio de tudo e mais vazio de nada... o que ao fim e ao cabo nos faz estar na "terra" são os momentos em que sonhamos que não pertencemos aqui: - é nesses momentos que na verdade somos totalmente felizes...

3 comentários:

Mitsou disse...

A felicidade sente-se em pequenas coisas que nos dão prazer, apaziguamento, serenidade. São momentos em que "estamos" felizes, momentos dispersos na busca de o "sermos". Há, portanto, que multiplicá-los :)
beijinho

Anónimo disse...

betania comenta:
quim, olha hoje por exemplo logo de manhã, ao ouvir
as notícias do sismo que abalou parte da Ásia, senti
que afinal ainda tenho um cantinho do universo para
viver em sossego. Ser feliz por vezes é saber dar valor
ao que temos ao nosso dispôr. Abrir a janela e olhar as estrelas, contemplar o mar, perdermo-nos no azul do céu
fundido no azul do mar...

Fica bem. Beijinhos
betania
http://betanices.blogs.sapo.pt

Vera Cymbron disse...

Passa lá em casa...tenho uma realidade para ti.
Jinhos