quinta-feira, abril 07, 2005

dourados


...pormenor do altar-mor da Igreja da minha terra...

8 comentários:

Carmem L Vilanova disse...

E que linda que é...
Bijinhos

andorinha disse...

A imagem é lindíssima!!
Onde é?
Jinhos

Anónimo disse...

Olá
Cá estou eu outra vez, ontem fiquei por cá um bom tempo, senti-me em casa (desculpe o atrevimento).

A imagem que mais me fascina quando entro neste seu blog é precisamente a do lobo q está por baixo da sua foto, porque captou toda a essência de um lobo: a beleza, o ar de desafio, o orgulho, o ser solitário, o mistério, a força e sei lá que mais...
Permita-me ainda dizer-lhe que nesta sua foto tem um ar mais afável mas perdeu algo que o identificava com o lobo e que a outra foto transmitia.

O altar tem uma talha dourada lindissima

Maite

Mitsou disse...

Pois, onde é? Beijo :)

Tão só, um pai disse...

Eu sei, o mundo está cheio de agnósticos, leiam-se, vocessemecês, mas ... recuso-me a acreditar que tamanha beleza não seja inspirada pela mão Dele ... e pelo amor a Ele.
Um abraço.

gato_escaldado disse...

gosto de altares barrocos. e telhados de vidro. abraço.

Ale (mestressan) disse...

Interessante a linguagem da imagem! Permite inclusive que eu me indague, vou até mais longe, que eu tenha uma certz "certeza" da reencarnação, posto que, muito me atrai templos, esculturas, figuras medievais...fazem o meu coração pulsar de uma forma diferente! Como se eu sentisse uma saudade desta época! Linda a imagem!

antonio disse...

Quim;
No post que contém esta linda foto desta igreja belíssima da tua terra, deixo-te qui os meus votos de bom fim de semana.

Aquele abração do
Zecatelhado