sexta-feira, abril 08, 2005

receita

...republicação:
.
"...Não penses que sabes tudo ou que sabes que podes tudo saber; nada se consegue saber apenas com a aprendizagem; é preciso buscar, é preciso viver, é preciso sentir, ser e estar; nada se consegue saber apenas com o olhar; é preciso ouvir, tocar, cheirar… Usa todos os meios ao teu alcance para que um lampejo de sabedoria surja perante ti, mesmo os meios que não possuis, ou seja, usando a sabedoria dos outros, daqueles que têm algo para te dizer, para te contar, para te oferecer. Depois, lança esse conhecimento no teu ser; cozinha-o com todos os ingredientes que possas arranjar, tenta um lume brando e usa teu instinto. O produto final será teu e de mais ninguém; foste tu que o obtiveste com o teu trabalho, com a tua busca, com o teu empenho e não só com o que te deram. Depois, prova esse produto e digere-o com prudência e com lentidão. Porém, sempre que possas, usa um pouco de loucura, dá-lhe um toque final, impõe-lhe a tua marca e oferece-o a quem o procura.
Não o retenhas pois de nada te serve guardado no sótão da tua memória. Areja-o e reparte-o com os outros. A seguir, procura novo saber. E repete o processo...."

8 comentários:

andorinha disse...

Como já deixei expresso no "Murcon" essa é uma receita que todos devemos usar.
Dizes as coisas duma forma tão poética que me enternece!
Qunado for grande quero ser como tu:))
Mais uma vez obrigada.
Beijinho grande

andorinha disse...

....sory! Quando...

Mitsou disse...

Pois, um pouco de loucura é o piri-piri da vida. Beijos e bom fds :)*

Bastet disse...

Bela receita! E com a enorme vantagem de todos termos acesso aos ingredientes necessários :)

circe disse...

Com a tua sabedoria moderas um blog
alimentas o ego de cada um de nós,relembras-nos sempre o prazer de viver. Não, não é "o vazio que nos leva a comunicar" - tu és o exemplo rico que contraria esta tua
suposição. Bom fim de semana!
Em breve, escrevo-te em particular

Anónimo disse...

Caro Lobices
Por mto estranho que lhe pareça, pela minhas palavras anteriores(não escritas neste blog, entende-me), não estou presa a formalidades bacocas.
Mas também não sou tão naif ao ponto de pensar que nós aqui na net somos "uma familia, ou um grupo de amigos", como aqueles q temos na vida real e a quem tratamos por tu. Com isto não quero dizer que você e alguns outros não me mereçam o maior respeito e carinho, porque na verdade vos tenho em alta estima.

Maite

agua_quente disse...

Olá Quim! Agradeço-te a visita lá à nossa paisagem. Tens aqui uma bela receita para a partilha do conhecimento. Beijos

Carmem L Vilanova disse...

Adorei a tua receita... :)
Passei para deixar-te um beijinho de bom fim de semana!