terça-feira, março 22, 2005

flecha


...resta-me apenas esta seta que aponto para ti... estico o arco com elegância e um certo sabor a vitória... aponto-a ao teu coração... voa seta... e o alvo não demora... tem sim, tem uma história, um saber passado em direcção a um futuro incógnito... voa seta... mesmo para um alvo indómito... voa seta... voa rápida e em linha recta... explode-te no alvo... mas atinge-me a meta!...

10 comentários:

Anónimo disse...

... cada vez mais as palavras se tornam dificeis de encontrar...
expressar tudo o que nos fazes sentir... é tarefa quase impossível!
Tocas-nos a Alma... e tudo o que de melhor temos em nós.
Beijos,
Susana

girassol disse...

para essa rosa, este poema feito para Eugénio de Andrade inspirado num inédito, "Improviso", do próprio Eugénio.

E a esperança, Poeta?

O Poeta não sabe
O que faz uma rosa no Inverno?
- E a esperança, Poeta?
Se tu não sabes...
O que é que vamos fazer?
A quem vamos exigir a resposta?

Qualquer inverno será menos frio
Menos cinzento
Com uma só pétala que seja
De qualquer rosa

Maria Belmira
25/8/2000

Marion disse...

embalada pela música vim aqui agradecer o link ... sinto-me honrada
grande beijinho

Carmem L Vilanova disse...

Eis que a primavera já nos mostra sua linda carinha!
Linda rosa! Linda "flecha"!
Muitos beijinhos, Quim amigo!

Mitsou disse...

Ai, a Primavera! Para mim, é um dos teus mais belos textos, Quim. (Fraca rima mas agora também não apago :) Beijinhos, poeta!

AmigaTeatro disse...

Ninguém escapa à magia da Primavera, essa é que é essa…

… e eu só espero que a flecha tenha acertado no alvo.

Hehe ;P*

Quem... eu? disse...

e na seta vamos nós!

TMara disse...

São magníifcas a stuas rosas. Mais um belo eprofundo texto. Bjs e ;)
P.S - "roubei-te" a rosa. :)

antonio disse...

Estás bem Quim, nota-se que estás bem!

Um abração do
Zecatelhado

Ananda disse...

Palavras sábias e bonitas! Acho que me vou perder a ler este blog! Está tudo feito com muita perfeição e com muito carinho! Vou tirar algum tempo para o ver todo com atenção! Beijinhos!