quarta-feira, março 02, 2005

peregrinar

"...amei, amo e amarei com garra, com força, com dor, com riso, com lágrima, com a palma da mão, com o doce beijo da alma e o calor do coração; amei, amo e amarei com o espírito, com fogo, com ar, com terra, com mar, com chão, com chuva torrencial, lama, vento ou mesmo num estado demencial; amei, amo e amarei com tudo o que fui, com tudo o que sou e com tudo o que serei, dentro de mim, sendo eu ou quem me habita, como quem grita, em ti, aí ou aqui..."

7 comentários:

Mitsou disse...

Intensa peregrinação. Um grito da alma. Gostei :)*

TMara disse...

Intenso, intimista e verdadeiro é o k me ocorre. Bonito como todos os verdadeiros gritos de alma.Bjs e ;)

Nina disse...

a tua peregrinação leva-me a acreditar que até os lobos que vadiam uma vida sem metas se encontram consigo mesmos a crer em alguma coisa...
O amor é caminho arbitrário...peregrino já contigo, caminheiro..presa nas tuas lobices. Fica muito bem. E se me permites, continua amando dessa forma brutal...
As tempestades se amainam nessa paixão pelo amor.Assim faz sentido choveres por dentro. Encontra-te. Vem ao divã. Espero-te.

musalia disse...

quim, que acrescentar ao que disseste? intensidade no amor, só assim ele vale a pena ser sentido...
beijos.

contadordehistorias disse...

Amor com força tamanha para mudar o mundo.

forte abraço

isa xana disse...

tanto amor, que belo:)

*

Kgrilos disse...

Parabens pelo teu blog....

se puderes passa no meu e dá a tua opinião.... estou a começar e todas as opiniões são poucas

um abraço

KGrilos