domingo, junho 26, 2005

sem palavras

"...quando não encontrámos as palavras, vamos à procura das imagens, de sons, de cheiros, de sabores, de texturas, de gestos, de muita outra coisa que os nossos sentidos nos dão, nos permitem saber coisas sobre as coisas... depois, queremos colocar em palavras escritas as coisas que as coisas nos "disseram" através dos nossos sensores físicos, mentais e quem sabe se não também espirituais... mas, nem sempre encontrámos as palavras certas... e ficámos, como se costuma dizer, de mãos a abanar, neste caso de dedos sem teclar... mas, a verdade é que estou a transmitir por palavras exactamente o que não consigo dizer, logo, estou a escrever e a colocar neste pedaço de espaço-tempo o que não sei descrever... faço-o sem saber como mas sinto prazer... o gosto de dizer que queria dizer e não sei como dizer o que quisera talvez escrever... fico, no mínimo, a saber que haveria sempre algo para ser dito mas que, não o tendo sido, o pedaço de espaço-tempo não ficou vazio; afinal de contas, algo foi escrito..."

12 comentários:

Anónimo disse...

Quim,as palavras têm mais poder do que as ideias.
Beijinhossssss

Maria Ana

Anónimo disse...

Misterioso o teu post. Tu saberás, sem palavras, o que quiseste dizer, e a quem. Nós só podemos ler as que escreveste...Beijo grande :)*

piquica

Paula e Rui Lima disse...

Gostámos de passar por aqui. E, curiosamente, nós que somos de Lisboa, estivemos no Porto de férias e conhecemos ao vivo, outros bloguistas. Venha conhecer-nos em "A Paixão do Cinema"

rajodoas disse...

Mas afinal já passaram quase 24 horas sobre o jantar encontro e népia nem uma só imagem de como o mesmo decorreu. Não acredito que deste vez os participantes
não tenham levado as suas máquinas fotográficas para registarem o acontecimento. Com um abraço do Raul

wind disse...

Mas escreveste:) bjs

Å®t_Øf_£övë disse...

Amigo,
Vim ler-te e desejar uma boa semana.
Abraço.

Anónimo disse...

Tenho vindo te ler, um lugar doce... Como tu mesmo dizes "Amar é o caminho " Nosso mundo seria bem melhor se mais gente pensasse assim!
Um beijinho do lado de cá do oceano em terras Brasis, uma Moçambicana. Tareca

Menina_marota disse...

O mistério das palavras é precisamente esse. Quem lê, sabe o que está escrito...

Um abraço carinhoso :)

augustoM disse...

Joaquim, nem sempre encontramos as palavras certas para dizermos o que sentimos, especialmente as emoções.
Um abraço. Augusto

O Micróbio disse...

E de certeza que ficou outra vez algo por dizer... :-)

Cris disse...

Ai que eu estou a ficar zangada... então eu comento-te e a blospot desaparece-me com os comentário?... Ai mau, mau!

Pois eu já tinha aqui vindo dizer q n me canso de ler este poema... de tão lindo q ele é! :)

beijo grande quim!

(Se isto me desaparece outr4a vez com o comentário eu mordo!!!!!)

Filipa disse...

Um texto bonito mas ao mesmo tempo confuso, como tantas vezes nos encontramos quando não nos conseguimos exprimir da melhor forma...