quinta-feira, junho 16, 2005

fica

"...queres partir, é?... não vás ainda... espera aí... ouve-me um pouco: A solidão é um estado de espírito e não um estado físico... nunca estamos sós: temo-nos a nós mesmos como companhia... nada mais fácil do que falarmos com o nosso próprio eu... experimenta apenas um pouco... verás o resultado... depois, o mundo não está no exterior... o mundo somos nós mesmos, nós "criámos" o Universo que quisermos... estar só pode ser o meu Universo preferido desde que essa seja a minha escolha... sair dele... como acto final... deixando-nos cair no chão do silêncio... não, não é opção... de que te vai servir se não saberás o porquê?... é preciso escolher a vida para passarmos a vida a fazer perguntas e esperar pelas respostas; não querendo esperar pelas respostas, então, vamos à procura delas...as respostas estão em nós mesmos... achas que sabes o que é a solidão?... achas?... estás convencido que estás só?... pensas que sabes tudo já sobre a solidão?... estás muito enganado... estive, estou e estarei sempre só mas apenas quando quero; e até sabe bem... mas, quando não quero, escolho não estar só... e parto... parto à procura de respostas... acredita que há sempre uma resposta... há sempre uma porta... há sempre uma janela... há sempre um sítio dentro de nós para abrir e sair para fora da solidão que criámos... nasce... sai do útero onde ainda te encontras... faz o "parto" de ti mesmo e ao saíres da "vagina" que te contém na solidão, grita, esperneia, vive, abre os olhos e sente a vida a pulsar dentro de ti e dentro dos outros... nascer é bom... viver é melhor... morrer?... ainda não... um dia morreremos porque essa é a resposta final, a última, a derradeira... porquê a apressar?... Deixa-a para último lugar... agora... é aqui... é aqui que deves estar... fica, fica mais um pouco... vais ver que não custa..."

11 comentários:

Mitsou disse...

Belas palavras, como sempre, Quim. E repito, felizes os que alcançarem esse nirvana :)*

Anónimo disse...

Profundo e lindo, como sempre...
bj, Helena

Anónimo disse...

Gosto desta paz...se calhar nem sempre se consegue escrever isto...mas adoro que o tenhas escrito..e tão bem.
...se não fosse o mundo interior que costruí,preservei,defendi(acredita,com unhas e dentes...)não estava,não era...ou seria uma amarga derrotada da vida!
O meu avô dizia-me que eu sofria por antecipação...talvez...mas não abano quando o vento vem,sinto-o chegar.
Sabes o que é viveres anos com uma culpa que não é tua?...e depois veres preto no branco (vir ter contigo!) a verdade...como sentias que era,maquiavélica...custou,agora já não!
Estou bem,acredita,fez-me bem ler-te,fiquei...fico bem.
Um beijo grande
lua

wind disse...

Bonito:) bjs

augustoM disse...

Joaquim, a solidão é um estado de spírito que nós alimentamos, com as nossas fraquezas.
Um abraço. Augusto

Tão só, um pai disse...

Partamos, em busca da vida.
Um abraço.

(Chinezzinha) disse...

Vim só desejar-te um bom dia:)

Beijinhos

Nora Borges disse...

Joaquim, você tem uma bela página. Construiu-a com muito cuidado e atenção aos detalhes, desde as cores à música. Gostei muito. Só li até agora seu primeiro texto. E concordo com você que a solidão é um estado de espírito. Não depende de outros, só de si mesmo. Estar sozinho não significa necessariamente ser solitário. Creio que estar sozinho, com o próprio mundo interior é uma dádiva. Gostar da própria companhia, uma sabedoria. Mas estar acompanhado depende de uma construção também. As pessoas colhem sempre o que plantam. Quem não se doa, não recebe. Quem não ESTÁ com o outro, também não terá sua COMPANHIA.
Gracias por la visita!

Adryka disse...

Olá Quim adorei ler o teu post, revi-me nele eu sou um pouco assim.Afinal o que é a solidão! nao são os outros que vão enchera nossa mente somos nós proprios, sabes que quando me vejo no interior do meu quarto acho que aquilo é o meu espaço o meu mundo, que bom estar ali, solidão que é isso...um estado de mente doente será?
Beijos amigo

Raquel V. disse...

"há sempre uma resposta... há sempre uma porta... há sempre uma janela... há sempre um sítio dentro de nós para abrir e sair para fora da solidão que criámos... nasce... sai do útero onde ainda te encontras... faz o "parto" de ti mesmo e ao saíres da "vagina" que te contém na solidão, grita, esperneia, vive, abre os olhos e sente a vida a pulsar dentro de ti e dentro dos outros... nascer é bom... viver é melhor... morrer?... ainda não..."



Impressionante imagem...
Lindíssima...
Beijinho

betania disse...

Meu querido quim...a solidão é um estado que hoje em dia se tornou universal, mesmo com gente ao nosso lado, permanecemos sós e a pior solidão...é a solidão acompanhada...Afinal somos uma multidão mesmo que dispersa...Beijinhos