segunda-feira, julho 04, 2005

alegrias

"...às vezes são coisas tão pequenas, tão sem importância, tão vagas mas que nos dão uma idéia do que é o sentirmo-nos bem por sabermos o bem que o outro ao nosso lado sente... às vezes é apenas uma sonora gargalhada que nos contagia e que nos faz gargalhar também... outras vezes é ver o outro saltar e sentir que também nos apetece saltar... outras vezes ainda é o tom de voz que nos indica o estado de alma do outro de onde ela provém... são pequenas coisas, tão pequenas coisas mas que nos fazem felizes... hoje fiquei muito feliz porque ouvi a felicidade na voz de outro alguém que me contava algo que lhe era bom, lhe era agradável... e assim, fiquei, mais uma vez, a saber que afinal a felicidade dos outros pode ser (ou é mesmo) a nossa própria felicidade... sentirmo-nos bem por sabermos que alguém está feliz... lá está, aqui, o tal outro lado do amor..."

9 comentários:

Anónimo disse...

E esse outro alguém ficou duplamente feliz ao sentir a felicidade na tua voz e no teu riso.

piquica :)**

Pamina disse...

Olá,

Só 3 palavrinhas: É bom partilhar.

Anónimo disse...

Se choras de alegria,não seques as lagrimas :estás a roubá-las à dor.

Simone Weil


Maria Ana

Lucília disse...

É verdade,às vezes a felicidade daqueles que amamos lava-nos a alma.
Mas outras...
Boa noite a todos.

paper life disse...

:)

take care.

wind disse...

É mesmo:) bjs

Raquel V. disse...

Fiquei a pensar... a recordar pessoas e o quanto existem algumas em que desesperadamente queremos ouvir essa sensação do outro lado... Tornou-se num outro pedido... essa outro amor de que falas... querer tanto e tão bem a alguém que o queremos ver feliz...

...
(sim, que eu sou muito egoísta e selectiva)

Amada Mi!!! disse...

Nossa quim! Tão profundo e verdadeiro o que escreves. Parece sair de ti numa fluidez de sensibilidades. Poderia ler suas palavras daqui alguns anos, e sentiria nelas a mesma sinceridade de seu ser, e tenho certeza de que elas estariam aqui, como se fossem fresquinhas e quentinhas. Tantas formas de amor, nenhuma mesnos verdadeira que a outra. Amor...sempre o amor. Como é bom sentir o amor! Como é bom fazer o amor! Como é bom praticar o amor! E como é maravilhoso ter com quem partilhar todas as formas de amor! Com carinho...

Amada Mi!!! disse...

Nossa quim! Tão profundo e verdadeiro o que escreves. Parece sair de ti numa fluidez de sensibilidades. Poderia ler suas palavras daqui alguns anos, e sentiria nelas a mesma sinceridade de seu ser, e tenho certeza de que elas estariam aqui, como se fossem fresquinhas e quentinhas. Tantas formas de amor, nenhuma mesnos verdadeira que a outra. Amor...sempre o amor. Como é bom sentir o amor! Como é bom fazer o amor! Como é bom praticar o amor! E como é maravilhoso ter com quem partilhar todas as formas de amor! Com carinho...