sábado, julho 02, 2005

usufruir

"...não sabem o que é bom desfrutar do silêncio que o odor das rosas me traz; o cheiro que o chilrear dos pardais me envolve; a luminosidade da manhã de prata nas frestas desta porta a sul virada numa perfeita conjugação com o Todo... olhar o azul claro e brilhante que nos cobre e sentir que aqui, cá em baixo, nos vamos debatendo numa quezília constante quando afinal de contas basta olhar ali o meu gato estirado ao sol (e quando não está sol e faz chuva ou vento, basta olhá-lo enroscado sobre si mesmo aquecendo-se com o seu próprio calor)... sentir que na ponta dos meus dedos estão estas palavras que vos escrevo com carinho sabendo que alguém as irá ler... ver que o meu mundo que está lá fora também está aqui dentro ao vosso lado sem vos ver nem ouvir, tendo apenas a consciência que estais aí... saber que basta querer estar para se estar bem mesmo que não se esteja bem; basta sorrir (tantas vezes nos esquecemos que quando chorámos e as lágrimas nos escorrem pela face, os lábios podem entreabrir-se num terno sorriso)... se todos sorrissem um pouco, uma vez por dia... se todos se dessem as mãos, mesmo virtuais, uma vez por dia... se todos dissessem àquele ou àquela que está ao lado "amo-te" nem que fosse uma vez por dia... se todos escolhessem o amor uma vez por dia... se, se... todos iriam sentir, uma vez por dia, a felicidade que há dentro de cada um de nós... um bom fim-de-semana para todos vós..."

13 comentários:

Anónimo disse...

Amo-te!

Anónimo disse...

Quim, o silêncio é um pedaço de céu que desce sobre o homem.

Toma a minha mão e aperta e dou-te também um sorriso .Onde vivo há sempre muito silêncio ,ouço ao longe o barulho das ondas do mar nos dias de inverno,no verão o cantar dos merlros e das abetardas e o coachar das rãs,apesar de tudo sou feliz.Só invejo quem tem Mãe e Pai,foram as pessoas quem mais amei na minha vida .

Um abraço

Maria Ana

wind disse...

Bom fim de semana:) bjs

Zecatelhado disse...

Olá Quim!
O tempito ultimamente tem sido pouco para estas coisas, mas sempre que tenho um furinho venho visitar os amigos ++.

Um abração do
Zecatelhado

Anónimo disse...

Os pequenos nadas tão grandes e cheios de tudo:)***

piquica

Pamina disse...

Olá Quim,

Obrigada pela tua ternura.

Quanto aos pássaros, há aqui no meu sítio várias árvores "carregadinhas" de pássaros que vêm beber água da minha fonte. A estes juntam-se muitas vezes os pombos correios dum vizinho. É uma alegria ver a passarada toda a voar à minha volta.
Um beijinho e bom fds.

BlueShell disse...

O ambiente de paz que aqui se respira...a tranquilidade...o repouso...
Obrigada, Quim!
Jinho, BShell

Blue C. disse...

Sem dúvida. Toda a Vida seria muito melhor. Um beijinho enorme de Luz

betania disse...

quim, é sempre um prazer ler-te e
levar daqui algo para ajudar ao longo da caminhada. Obrigado pelas coisas que aqui deixas para nosso conforto. Beijinhos

Sulista disse...

Pois como tinha dito, cá vim ver o Blog com olhos de ver....e gostei, gostei muito, da diversidade de posts mas sempre com uma mesma linha de pensamento :-)
Como alguêm disse, traz-nos paz vir aqui. E esta música é
soberba.

Obrigada por me ter 'linkado' e pela visita por "lá".
Ah! já lá 'postei'
as minhas primeiras impressões (digitais) ;-)

Bom domingo!
Um Abraço da Maria João
(Sulista)

Lucília disse...

Nem sempre é assim tão simples,Joaquim,mas vamos tentando!
E não achas que este post se poderia chamar 'partilhar'?
Um bom domingo a todos.

abox disse...

texto lindo... esbocei um breve sorriso... :)

Raquel V. disse...

"ver que o meu mundo que está lá fora também está aqui dentro ao vosso lado sem vos ver nem ouvir, tendo apenas a consciência que estais aí..."


É isso, Quim...
e por isso as minhas visitas a apreciar a tua escrita de que muito gosto... são feitas em bocadinhos em q posso silênciar os tempos para poder ler tudo com cuidado. Com o mesmo cuidado com que o escreves e aqui deixas...

BJ



---
ai que saudades da minha gata... não a posso ter comigo e cada descrição de um gato ou por vezes até ver as papinhas no supermercado me dão saudades...